Informação sobre artrose, causas, sintomas e tratamento da artrose, identificando o diagnóstico da artrose nos joelhos, mãos, coluna vertebral e anca, contribuindo com dicas que promovam o bem estar de quem sofre deste problema de saúde.


Tratamento da artrose em pessoas muito idosas

Quais são os benefícios dos tratamentos não-farmacológicos e farmacológicos de curto prazo e de longo prazo para artrose em pessoas muito idosas (por exemplo, com 80 anos e mais velhos)?
Existem muito poucos dados sobre o uso de tratamentos farmacológicos e não-farmacológicos para artrose em pessoas muito idosas. Isto é altamente relevante, não só por causa do envelhecimento da população, mas também por causa da alta incidência de comorbidades na população - artrose pode ser um dos muitos problemas de saúde que afetam a função, e isso pode influenciar a adequação das opções de gestão. A aceitabilidade, a natureza e a definição de estratégias de exercício para essa população é uma das áreas sugeridas para um estudo mais aprofundado. Qualquer intervenção não farmacológica que implique uma redução na necessidade de tratamento à base de drogas, que possa ser demonstrada é desejável. AINEs são frequentemente contra-indicados em pessoas mais velhas, com co-morbidades (como insuficiência renal, cardiovascular ou intolerância gastrointestinal), pelo que as opções farmacológicas eficazes para este grupo de pessoas deve ser mais estudadas e aprofundadas. Estudos de resultados de diversos tipos de intervenção também são necessários para pessoas muito idosas, nas quais a cirurgia de substituição da articulação não é recomendada por causa dos riscos associados a co-morbidades.

Índice dos artigos relativos a Artrose
POSTAGENS POPULARES

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL